3 dicas de como lidar com o nervosismo ao falar em público

como lidar com nervosismo

Você sabe como lidar com o nervosismo diante de situações importantes? O medo de falar em público é um dos exemplos mais comuns e muito mais frequente do que se imagina. Ele pode estar ligado a alguns aspectos, como a ansiedade, a timidez, a insegurança ou até mesmo a algum trauma sofrido na infância ou na adolescência.

No entanto, é uma situação que, mais cedo ou mais tarde, deverá ser enfrentada. Todos, em algum momento ou em vários momentos da vida, terão que fazer alguma apresentação, seja na faculdade, seja profissionalmente em uma palestra, seja em um evento. Fazê-lo será inevitável.

Diante disso, selecionamos algumas formas de lidar com o nervosismo ao falar em público. Continue a leitura e confira!

1. Treine de frente para uma câmera e avalie as suas dificuldades

Ouvir a própria voz é uma forma de identificar as suas dificuldades. Se você souber o que causa insegurança, é possível corrigir o problema e garantir apresentações mais seguras. Algumas dificuldades estão relacionadas à fluência, à dicção, entre outros problemas.

Uma forma de saber o que pode causar desconforto na hora de falar em público é gravando a sua voz de frente para uma câmera. Nessa prática, você poderá identificar alguns problemas na oratória, além de treinar a sua desenvoltura — que também pode ser aprimorada.

2. Desenvolva estratégias pessoais para lidar com o nervosismo

Alguns fatores podem garantir mais segurança e, consequentemente, mais tranquilidade para falar em público. Veja algumas sugestões:

  • tenha domínio sobre o assunto: uma forma de se sentir mais seguro no momento de uma apresentação é estudando muito bem o que vai ser explanado;
  • pense de forma contínua: evite deixar que apenas o assunto leve você a dizer o que precisa. Pense como um professor, concatenando as suas ideias para que o necessário seja falado de forma organizada e fluida;
  • faça pausas curtas: intercale a sua fala com pequenas pausas e volte falando mais rápido. Isso torna o discurso menos monótono e mais interessante para quem está ouvindo;
  • use a expressão corporal: ela é muito importante e você pode treiná-la na hora de gravar o vídeo. Nesse momento, você vai mensurar o que pode ser feito para que não ocorram exageros na hora da explanação, evitando pecar por excessos;
  • não seja repetitivo: evite repetir muitas expressões, pois isso tira a qualidade e a naturalidade do discurso. É outra coisa que você pode treinar quando gravar os vídeos. Evite, por exemplo, as expressões: “tipo assim”, “”, “tá entendendo?”, entre outras — elas atrapalham qualquer oratória;
  • seja natural: nada como transparecer naturalidade na oratória. No entanto, isso demanda prática e treino, visto que, quanto mais você treinar e passar por essas situações de falar em público, maior segurança obterá com o tempo.

3. Faça um curso de oratória

O curso permite o desenvolvimento nas variadas questões que envolvem a oratória, que vão desde a dicção e a eloquência ao falar até a postura vocal e corporal necessárias para as apresentações. No curso, são ensinadas técnicas que aprimoram e desenvolvem a pronúncia, a dicção, o controle do tom de voz, entre outros. Com isso, é possível trabalhar questões fundamentais, como o domínio do medo e a compreensão corporal.

Agora que você já sabe como lidar com o nervosismo ao falar em público, o próximo passo é buscar soluções práticas para esse objetivo. Aprimorar a sua oratória por meio de um curso especializado é essencial para quem busca o desenvolvimento profissional.

Se você deseja um aperfeiçoamento na maneira de se comunicar, entre em contato com o Clube da Fala para receber o melhor treinamento em oratória e destacar-se ainda mais na sua profissão!

divulgue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *