Não é só você! 6 pessoas famosas que têm dificuldade de falar em público

dificuldade de falar em público

Um dos transtornos psicológicos mais comuns na população brasileira é a timidez. Aproximadamente 60% dos indivíduos sofrem com essa questão, o que acarreta por exemplo, a grande dificuldade de falar em público, apresentar um projeto de trabalho de forma convincente, ou até mesmo, puxar uma simples conversa com um desconhecido.

Quando você vê um profissional influente realizando um discurso com muita disposição, geralmente, nem passa pela sua cabeça que aquela pessoa já pode ter tido medo de falar em público. Todavia, esse pavor é mais comum do que imaginamos e diversas personalidades que inspiram o mundo já sofreram com ele.

Neste post, listaremos 6 pessoas famosas que têm medo de falar em público que você nem imagina. Confira!

1. Mahatma Gandhi

Mahatma Gandhi sempre teve um grande poder de persuasão e uma oratória precisa, além de ter liderado um dos maiores movimentos de independência de toda a história. Porém, nem sempre foi algo fácil para ele falar em público. Conhecido por se tornar líder de uma revolução e por sua sabedoria, Gandhi tinha ataques de pânico recorrentes.

Ele era formado em Direito e, na primeira vez que teve que entrar em um tribunal, ficou em pânico, não conseguindo falar uma única palavra sequer. Depois de algum tempo, relatou que, na ocasião, ficou tão apavorado que tudo começou a girar ao seu redor.

Quando decidiu se dedicar a uma causa e quis transmitir profundamente uma mensagem que considerava essencial, Gandhi achou a motivação de que precisava para superar o medo. Focou no seu propósito e na sua verdade, e como as suas palavras, beneficiou e ajudou diversas pessoas, superando então seu maior pânico, o de se expressar em público

Por fim, a dificuldade de comunicação que Gandhi apresentava na juventude proporcionou uma das maiores qualidades dos seus discursos: a concisão. Na fase de superação de seus medos, ele precisou aprender a expressar o máximo possível com o mínimo de palavras, formulando discursos certeiros e rápidos.

2. Thomas Jefferson

Thomas Jefferson foi uma das figuras mais importantes dos Estados Unidos, sendo o terceiro presidente do país. Porém, os obstáculos ao se expressar perante o público foram notórios e ficaram registrados em vários documentos.

São tão fortes todos os seus relatos e registros históricos sobre o medo de falar em público que psiquiatras de universidades americanas acreditam que ele apresentava sociofobia. Entre os registros verificados, estão depoimentos, por exemplo, de John Adams — segundo presidente dos Estados Unidos —, que falou que, ao longo do tempo em que esteve no congresso com Jefferson, o colega era alguém que falava poucas palavras.

Nos anos em que foi presidente, Thomas Jefferson fez somente dois discursos públicos e há relatos que dizem que ele utilizava um tom de voz muito baixo e as palavras eram praticamente imperceptíveis. De acordo com os documentos, não é possível ter certeza de que ele superou o seu medo de falar em público, mas ficou muito claro que ele teve que enfrentá-lo em várias ocasiões e contorná-lo quando preciso.

Para tal, ele desenvolveu as suas aptidões de escrita e formulou discursos mais curtos, que transmitiam toda a mensagem necessária em poucas palavras, eliminando a necessidade de permanecer muito tempo perante uma multidão.

3. Abraham Lincoln

Abraham Lincoln — um dos presidentes mais conhecidos dos Estados Unidos — também não era habituado à arte de falar em público. Em uma carta escrita por ele e jamais publicada, a sua ansiedade quanto aos discursos públicos é mencionada e é demonstrado que o político recusou chances relevantes antes de ser presidente para evitar falar para multidões.

4. Leonardo DiCaprio

No ano de 2003, quando Leonardo DiCaprio alcançou a fama, ele percebeu que o medo de falar em público era uma realidade em sua vida.

Tanto que, quando ele foi indicado ao Oscar, de acordo com fontes próximas a ele, DiCaprio estava torcendo para não ganhar o prêmio, para que não fosse preciso discursar para toda a plateia. Mesmo com o medo constante de falar em público, o ator não desistiu da comunicação e conquistou aos poucos sua autoconfiança e, atualmente, não sente mais esse receio.

5. Ana Paula Padrão

A apresentadora e jornalista Ana Paula Padrão, no ano de 2012, confessou que tinha um grande medo de falar em público. Apesar de não ter nenhum problema para falar com as câmeras, relatou que o cenário mudava totalmente quando precisa falar em público. Só de pensar, ela já tinha reações como insônia e palpitações. Atualmente, apresentando um programa de culinária na TV aberta, esse medo diminuiu.

6. Warren Buffett

Warren era corretor da Bolsa de Valores e percebeu que era primordial uma boa oratória para o sucesso da sua carreira, então, matriculou-se em um curso sobre técnicas de apresentação em público. Durante as aulas, ele descobriu que havia outros profissionais que se encontravam na mesma situação e eles estavam superando seus limites e conseguindo crescer profissionalmente. Isso, de fato, o motivou a seguir no curso e também a desafiar seus próprios limites.

O fato é que a atitude alavancou sua carreira e ele se tornou uma das pessoas mais ricas do mundo.

Por fim, apresentar uma boa comunicação verbal é primordial para conseguir êxito profissional e essas personalidades são exemplos de que, com empenho, motivação e ajuda de pessoas qualificadas, é possível encarar o bloqueio de falar em público e conseguir obter sucesso. Lembre-se: não perca nenhuma oportunidade que surgir em sua vida de falar em público e comece aos poucos para se sentir mais à vontade com o passar do tempo.

Este post foi útil para você? Viu como é possível superar a dificuldade de falar em público? Então, aproveite e faça nossa aula experimental, online e gratuita, e compartilhe com seus amigos.

divulgue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *