Por que é importante desenvolver a empatia para lidar com uma equipe?

desenvolver empatia

Empatia é um termo que tem sido muito utilizado ultimamente. Você sabe o que realmente significa e como desenvolver a empatia? Na verdade, é algo essencial nas relações humanas. A partir da empatia é possível haver um entendimento maior sobre o que as pessoas anseiam e o que pensam.

O termo significa “colocar-se no lugar do outro para entender, verdadeiramente, o que ele sente”. É algo essencial nas relações humanas, e, a partir dela, é possível haver um entendimento maior sobre o que as pessoas anseiam e acerca do que pensam. Na liderança, é um fator essencial que contribui para tornar uma equipe coesa e produtiva — contribui para entender os mais variados cenários e ter a percepção exata para lidar com eles.

A empatia está relacionada com o modo como nos relacionamos com os outros e como tornar as relações mais fáceis e humanas. Dessa forma, ela envolve sentimentos e emoções e no ambiente de trabalho está cada vez mais presente e valorizada.

Mas afinal, por que desenvolver a empatia é tão importante? Vamos saber mais? Continue a leitura!

O que significa ser uma pessoa empática e qual é a sua importância?

Um indivíduo empático, simplesmente, coloca-se no lugar do outro — “experimentando” as mesmas sensações. Dessa forma, é possível analisar e conhecer as circunstâncias sob um ponto de vista diferenciado do seu.

Alguns sinônimos podem descrever também o que é esse sentimento tão valorizado tanto nas relações pessoais quanto nas profissionais. São eles: sintonia, compreensão, identificação, afinidade, entre outros.

Diante disso, não há como negar a sua importância no mercado de trabalho. Hoje, essa é uma característica cada vez mais valorizada na liderança, uma vez que a relação com os colaboradores se torna bem mais amigável, surtindo efeitos que impactam positivamente a produtividade e o sucesso nos negócios.

Quais são os comportamentos observados em pessoas empáticas?

Podemos listar, de uma forma geral, os principais comportamentos observados em indivíduos empáticos. Veja:

  • estar disponível para o diálogo;
  • saber ouvir;
  • ter habilidade de entender o sentimento do outro;
  • expressar o que sente;
  • ter facilidade de trabalhar com várias pessoas.

Como desenvolver a empatia?

Se você quer desenvolver a empatia, algumas dicas podem ajudar a aprimorar esse sentimento positivo para com as outras pessoas. Confira!

Torne-se um bom ouvinte

Uma das características básicas de uma pessoa empática é saber ouvir. Isso não quer dizer que você deve ser um conselheiro. O simples ato de escutar ‘sem julgamentos’ já é um grande passo para demonstrar atenção para com o outro.

Pense que, muitas vezes, você não precisa que, as pessoas resolvam os seus problemas, mas o simples fato de ser ouvido já faz bastante diferença, não é mesmo? Muitas vezes, alguns minutos de atenção são suficientes para que você se sinta acolhido em determinado momento.

Tenha paciência

A empatia demanda paciência e compreensão. Exercitar essas duas questões pode contribuir bastante para desenvolver esse sentimento. Em um ambiente de trabalho, por exemplo, é essencial exercitar a paciência diante dos obstáculos que surgem — dessa forma, tudo fica mais simples de ser resolvido.

Seja compreensivo

Saber compreender cada situação que se apresenta na equipe é fundamental para uma liderança eficaz. Ter compreensão sobre os fatos contribui para uma análise mais apurada, garantindo um olhar mais empático diante da perspectiva de outra pessoa.

Cabe ressaltar que compreender não significa concordar com tudo que é exposto, fazer uma análise imparcial e cuidadosa acerca de cada questão.

É possível ser um líder empático e firme?

Liderar com empatia é entender o outro — sem necessariamente concordar com tudo que é explanado. A firmeza é uma característica de quem lidera e é necessária em alguns momentos. Entretanto, isso não quer dizer que os líderes não devem ser flexíveis em algumas de suas decisões.

A sabedoria de liderar é isso: analisar a opinião do outro com um olhar empático, buscando sempre o melhor para o grupo. Assim, certamente, os resultados surgem com mais facilidade.

Como você pôde perceber neste conteúdo, desenvolver a empatia é algo que demanda prática. Apesar de ser uma característica inata, ela pode ser trabalhada por meio de ações rotineiras vivenciadas tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Gostou deste post? Leia, então, outro artigo igualmente interessante, que fala sobre como ter uma escuta ativa!

divulgue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *