Quais os métodos para tratar a gagueira?

gagueira

Você sabia que a gagueira pode aparecer em diferentes intensidades, por razões distintas e, ainda assim, é um problema que atinge quase 2 milhões de brasileiros? (Instituto Brasileiro de Fluência).

Embora ainda seja uma condição sem cura definida, existem tratamentos que suavizam os sintomas de forma efetiva, podendo torná-los quase que imperceptíveis. Pensando nisso, falaremos mais detalhadamente sobre o assunto, apresentando tratamentos que podem melhorar a qualidade de vida do indivíduo que gagueja. Confira!

O que é a gagueira?

De forma resumida, podemos definir a gagueira como um conjunto de alterações na programação motora da fala.

As principais características desse distúrbio são repetições de sons e/ou sílabas (“ffffala” ou “fafafala”), prolongamentos (“paaaato”) e bloqueios — audíveis e inaudíveis — nas sílabas iniciais de fala. Muitas vezes, vem acompanhado de movimentos involuntários (secundarismo ou concomitantes físicos) associados ao ato da fala, como bater mãos e/ou pés, balançar os pés, piscar os olhos, morder os lábios, entre outros.

Os distúrbios podem se manifestar em qualquer momento da vida, sendo desencadeados, em sua maioria, por fatores genéticos, por lesões cerebrais e até por questões de caráter psicológico. A origem da gagueira deve ser levada em consideração na escolha do tratamento ideal.

Qual é o papel do fonoaudiólogo no tratamento da gagueira?

O fonoaudiólogo é responsável por avaliar, diagnosticar, promover e tratar todas as condições envolvidas com a fala e audição, além de promover e aprimorar questões da comunicação humana. É um profissional de grande autonomia e pode atuar em clínicas, hospitais, centros especializados e perícia.

Para tratar problemas como a gagueira, é ideal que o fonoaudiólogo tenha ampla experiência em transtornos relacionados à fluência e à cadência da fala. A especialidade em fluência foi reconhecida pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia apenas no ano de 2017.

Quais os métodos para tratar a gagueira?

Agora que você já sabe o que é a gagueira e quem pode tratá-la, vamos listar alguns dos principais tratamentos para atenuar os seus sintomas.

Cursos de oratória

Os cursos de oratória são comumente ministrados por fonoaudiólogos e podem ter focos diferentes, de acordo com a demanda de quem os procura. No caso de pessoas que gaguejam, esses cursos são uma ótima ferramenta para reabilitar as habilidades de fala.
Nesse âmbito, o indivíduo terá acesso a exercícios de dicção e articulação, respiração, entonação, relaxamento, entre outros.

Nos casos em que a gagueira é intensificada por ansiedade ou por medo de falar em público, o curso poderá ensinar técnicas que melhorem a desenvoltura e a confiança em momentos cruciais, abordando competências de linguagem corporal e técnicas de improviso.

Tratamento psicológico

Independentemente dos motivos que desencadearam a gagueira, o tratamento psicológico, interligado com um tratamento fonoaudiológico, pode ser levado em consideração.

Por questões neurofisiológicas, as áreas cerebrais afetadas no indivíduo que gagueja são muito próximas às regiões responsáveis pela regulação das emoções, justificando, muitas vezes, a necessidade de uma abordagem multidisciplinar. 

Em alguns casos, o tratamento psicológico mostra-se eficaz, já que o indivíduo que gagueja muitas vezes pode estar inserido em um ambiente pouco receptivo para a sua condição de fala.

Isto se deve ao fato de que grande parte dos sintomas de fala manifestam-se em idade escolar. Estudos recentes sobre bullying e gagueira afirmam a relevância do tema nesses casos, justificando, mais uma vez, a importância de um trabalho interdisciplinar.

O cuidado com os impactos psicossociais da gagueira na vida do indivíduo é muito importante. Casos de depressão e fobia social são comuns em pessoas que gaguejam. Por isso, ao identificar alguns desses fatores, não se deve hesitar em procurar ajuda especializada.

Medicamentos

Diversas pesquisas já foram e continuam sendo feitas, correlacionando gagueira e drogas medicamentosas. No entanto, até hoje, não há comprovação científica que confirme a eficácia de medicamentos na remissão dos sintomas de fala.

De modo geral, distúrbios de fala, como a gagueira, podem causar muito incômodo para quem os possui, causando impactos quem afetam tanto o lado pessoal quanto o profissional do indivíduo.

Para que haja uma melhora significativa na qualidade de vida, é importante que o acompanhamento de pessoas que gaguejam seja feito por profissionais qualificados. E se você achou esse conteúdo útil, e acha que pode ajudar alguém, compartilhe nas suas redes sociais!

divulgue

Recommended Posts

Comments

  1. I’ve been exploring for a little for any high quality
    articles or weblog posts on this sort of area . Exploring in Yahoo I finally stumbled upon this site.
    Reading this information So i am happy to convey that I have
    an incredibly excellent uncanny feeling I came
    upon exactly what I needed. I so much certainly will make
    certain to don?t put out of your mind this website and provides it
    a look regularly.

  2. Have you ever thought about creating an ebook or guest authoring on other blogs?
    I have a blog centered on the same ideas you discuss and would love to have you share some stories/information. I know my viewers would appreciate
    your work. If you’re even remotely interested, feel free to send me
    an e-mail.

  3. Hi, this weekend is good for me, for the reason that this occasion i am reading this impressive
    informative article here at my house.

  4. Hello there, just became aware of your blog through Google, and found that it is truly informative.
    I’m gonna watch out for brussels. I will be grateful if you
    continue this in future. Many people will be benefited from your writing.
    Cheers!

  5. Heya i am for the first time here. I found this board and I
    find It really useful & it helped me out a lot. I hope to give something back and aid others like you aided me.

  6. This piece of writing will assist the internet visitors for creating new web site or
    even a weblog from start to end.

  7. This is a topic that’s near to my heart…

    Cheers! Exactly where are your contact details though?

  8. Hi, i read your blog occasionally and i own a similar one and
    i was just curious if you get a lot of spam remarks?
    If so how do you prevent it, any plugin or anything you can recommend?
    I get so much lately it’s driving me mad
    so any support is very much appreciated.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *