Fobia social ou timidez? Entenda o que são e como se pode superá-las!

fobia social ou timidez

As interações sociais são ótimas oportunidades para entrar em contato com outras pessoas, conhecer outros grupos e até mesmo aproveitar algumas chances no trabalho. No entanto, enquanto para alguns isso é absolutamente natural e proveitoso, para outros essas situações geram fobia social ou timidez.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura do material que preparamos!

O que é a fobia social e como ela se diferencia da timidez?

A fobia social é um transtorno psicossocial que se caracteriza pelo medo excessivo de exposição à situações sociais. Isso pode incluir desde aqueles momentos em que você precisa falar em uma reunião de trabalho até as situações mais corriqueiras, que provocam ansiedade, insegurança e baixa autoestima.

Contudo, não é comum que as pessoas se sintam tão desconfortáveis quando expostas à situações sociais. Por isso, é importante entender que isso vai além da timidez ou de uma simples vergonha de falar com outros indivíduos.

Quais são os efeitos dessas condições?

Primeiramente, a fobia social gera sintomas psicológicos e físicos que podem ser prontamente identificados ao entrar em contato com circunstâncias que exigem alguma interação social, como:

  • ansiedade;
  • medo;
  • angústia;
  • taquicardia;
  • sudorese;
  • falta de ar;
  • dor de barriga;
  • diarreia;
  • rubor no rosto;
  • tonturas.

Além disso, com o tempo, problemas mais sérios e permanentes passam a ser desenvolvidos. É o caso de uma baixa autoestima e de um profundo pessimismo em relação às situações sociais. O agravante é que a pessoa que sofre desse mal pode acabar por se isolar do mundo à sua volta e facilitar o surgimento de outros transtornos psicológicos, como a depressão.

Como superar a fobia social para ter uma melhor comunicação no trabalho?

A fobia social não precisa acompanhá-lo pelo resto da vida. Na verdade, existem medidas estratégicas que podem ser tomadas para diminuir esse medo e superar a dificuldade de falar e ser mais ativo profissionalmente. Veja a seguir!

Dedique os seus esforços a conhecer a si mesmo

O autoconhecimento é uma das portas para desenvolver a segurança e a confiança em si mesmo. Autoconhecer-se é uma tarefa que vai livrá-lo de temer aquilo no que não é tão bom ou até aquilo sobre o qual não tem tanto domínio.

Desse modo, você pode conhecer exatamente quais são as suas inseguranças, os pensamentos, os sentimentos e as lembranças que vêm à tona quando você é posto à prova. Mas, em vez de fugir ou evitar a situação, poderá encará-los com estratégias inteligentes.

“Finja” até que isso se torne uma verdade

Inicialmente, esse pode não parecer o melhor caminho, mas a verdade é que fingir autoconfiança pode ser uma boa estratégia para você se tornar realmente confiante. Em geral, os seus interlocutores notam quando você está inseguro e isso pode diminuir a sua credibilidade. Por outro lado, se você fingir que não está tímido e tentar simplesmente agir de forma relaxada, as pessoas também se sentirão mais confortáveis.

Ao perceber isso, você verá que é capaz de agir com mais naturalidade e expressar-se melhor, o que o deixará cada vez mais convicto de que você não precisa se sentir ansioso em situações de exposição. Essa é uma chave para ser utilizada principalmente no ambiente de trabalho.

Procure uma equipe especializada em comunicação ativa

Você também pode contar com a ajuda de uma empresa especializada em comunicação ativa. Esse tipo de empreendimento conta com equipes qualificadas e que saberão como orientar você pelo caminho exato da autoconfiança e da desenvoltura em oratória.

Isso porque será possível aprender técnicas, conceitos e práticas e experimentar vivências que o ajudarão a se desenvolver comunicativamente, mesmo em momentos que exigem certo improviso. Assim, nenhuma situação deixará você tão desconfortável novamente.

Portanto, seguindo as nossas dicas e mantendo-se atento ao que se pode melhorar na sua comunicação para superar fobia social ou timidez, você certamente conseguirá abraçar oportunidades melhores na sua vida pessoal e profissional. Então, é hora de começar a praticar.

Se você quer contar com a ajuda de quem entende do assunto para superar a fobia social ou timidez, acompanhe os nossos posts no Instagram e no YouTube e aproveite os insights!

Além disso, nos cursos regulares, individuais e in company do Clube da Fala, ensinamos técnicas eficazes de comunicação não violenta e de argumentação sob pressão. Isso torna os nossos alunos mais empáticos e resilientes!

Nos cursos regulares, individuais e in company do Clube da Fala ensinamos técnicas eficazes de Comunicação Não Violenta e argumentação sob pressão. Isso torna nossos alunos mais empáticos e resilientes!

divulgue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *