programação neurolinguística

Como usar a Programação Neurolinguística para ser mais persuasivo

Capaz de ajudar o ser humano a alcançar um nível superior de comunicação, a Programação Neurolinguística (PNL) tem sido muito usada por diferentes profissionais que atingem o sucesso na carreira.

A técnica permite a identificação de um conjunto de padrões que influenciam a mente e o comportamento e, usada da forma correta, ajuda a alcançar metas e melhorar resultados profissionais. Por meio da PNL, é possível ser persuasivo ao estabelecer uma comunicação assertiva se baseando em como a mente funciona.

Ao dominar a PNL, a pessoa tem um grande diferencial para argumentar e negociar, uma vez que amplia as habilidades de influenciar e persuadir. Com uma boa oratória, postura adequada e empatia é possível convencer outras pessoas a respeito do que está falando.

Neste artigo, você vai aprender a usar a PNL como ferramenta persuasiva para influenciar as pessoas, assim como, fazer com que elas tenham  mais reações positivas diante das suas intenções. Continue a leitura e aprenda a colocar em prática essa metodologia.

O que é a Programação Neurolinguística

A Programação Neurolinguística teve início com os estudos dos pesquisadores John Grinder e Richard Bandler na década de 70. Eles iniciaram com a análise dos padrões de linguagem, perceberam como funciona o cérebro e quais eram as estratégias usadas por pessoas altamente competentes.

A partir daí, foram traçadas técnicas e estratégias para copiar estilos durante uma argumentação a fim de ter bons resultados. Descobriu-se que o comportamento humano tem uma estrutura que pode ser modelada para maximizar o potencial dos relacionamentos interpessoais.

A metodologia reconhece a conexão entre processos cognitivos (neuro) e linguagem (linguística). Diante disso, define que, ao mudar a linguagem, também se modifica o processo cognitivo e vice-versa. Por isso, é considerado um processo educacional para o cérebro.

A PNL permite que a pessoa tenha uma ferramenta para mudar o que precisa na sua personalidade e aprimorar as suas relações. Além de favorecer o aspecto pessoal, ainda possibilita excelentes resultados profissionais.

Como funciona a PNL

Considerada um modelo rápido e eficiente de mudança comportamental, a PNL pode ser utilizada como um processo poderoso para a comunicação, o relacionamento e o aprendizado. De acordo com a técnica, todas as experiências criam modelos mentais e isso altera a forma como o indivíduo vê o mundo.

Isso significa que por trás de cada comportamento existe uma estrutura interna moldada por emoções e pensamentos que impactam as ações. Dessa maneira, para interferirmos na forma de alguém atuar, precisamos compreender os modelos mentais, já que isso é o que define a percepção da pessoa diante dos fatos.

Com a metodologia, é possível gerenciar pensamentos e emoções, tornando-se líder de si mesmo e dos outros. Quem domina as técnicas melhora o desempenho e atua na elaboração de soluções com foco nos objetivos.

O conhecimento da PNL permite a adoção de uma nova postura que vai impactar em todos os níveis de relacionamento. Os principais benefícios da utilização da PNL são:

  • estruturar pensamentos e ações;
  • autoconhecimento e autocontrole;
  • gestão de experiências;
  • identificação de modelos mentais e seu impacto no comportamento;
  • ressignificação de crenças limitantes;
  • mudança na forma como problemas são solucionados;
  • potencialização de recursos para desenvolver habilidades;
  • capacidade de fazer escolhas mais assertivas;
  • influenciar e persuadir outras pessoas para atingir os objetivos.

Como usar a PNL para persuasão

A persuasão diz respeito a técnicas de comunicação capazes de convencer alguém a realizar uma ação ou mudar de ideia. Para isso, é preciso cativar o interlocutor e fazê-lo confiar em você.

A PNL usa uma ferramenta chamada rapport para estabelecer a sintonia e criar empatia entre as pessoas. Por meio do rapport, é possível construir uma conexão que favorece a cooperação em uma relação.

Uma técnica que oferece ótimos resultados no rapport é o espelhamento. Ela consiste em imitar gestos, postura, expressões faciais e respiração do interlocutor para estabelecer conexão e confiança. Ao igualar a linguagem corporal, o espelhamento estreita as relações e possibilita harmonizar o diálogo.

Primeiro você começa imitando a pessoa. Logo, ela passará a ser conduzida pelas suas palavras. Listamos abaixo algumas formas de colocar o espelhamento em prática:

  • movimentos corporais — observe o seu interlocutor e veja como ele se movimenta ao falar. De modo sutil, repita esses gestos. Pode ser na gesticulação, na forma de passar a mão nos cabelos. Tome cuidado para que seja algo suave e pareça natural para que a outra pessoa perceba apenas subliminarmente;
  • forma de falar — tente falar a mesma linguagem que a outra pessoa. Iguale o tom de voz, o ritmo e a velocidade. Algumas palavras usadas no vocabulário do interlocutor também podem ser repetidas;
  • respiração — iguale o ritmo da sua respiração ao do outro;
  • expressões faciais — veja a forma como o outro mexe o rosto enquanto fala. Se levanta a sobrancelha, molha os lábios com a língua ou enruga o nariz. Busque reproduzir essas expressões em alguns momentos da conversa.

Ainda tratando do conceito de rapport, a reciprocidade também favorece o fortalecimento de elos. Para colocar isso em prática, é preciso descobrir interesses em comum e, com base nisso, fortalecer a relação e gerar empatia.

Como a PNL ajuda no mercado de trabalho

A busca por profissionais qualificados, equilibrados e capazes de atuar com técnicas persuasivas é grande. As habilidades comunicativas são valorizadas, pois permitem alcançar resultados melhores.

Um profissional que atua com vendas precisa saber falar bem sobre o seu produto e convencer o cliente a realizar a compra. Esse convencimento se dá porque ele aprende que o comprador precisa ver nele a solução de um problema. Desse modo, ele cria um laço que favorece a negociação.

Para isso é preciso saber ouvir e observar, sendo capaz de compreender as necessidades do outro. Uma pessoa que tem conhecimento da PNL sabe que não se atinge um objetivo sem antes entrar no mundo do outro.

O comprador precisa se sentir motivado e ter a compra associada a sentimentos positivos durante a negociação. Isso permite não só a concretização da venda, mas também um relacionamento comercial ampliado.

Como você viu, a PNL é capaz de fornecer instrumentos para que você atinja níveis de excelência no campo profissional.

Entre em contato com o Clube da Fala e garanta todos esses benefícios investindo em um curso de PNL.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.